Ato pela Ponta do Coral 100% pública e pela e criação do Parque Cultural das 3 Pontas – 12/02

ponta-do-coral.jpg (1)

Ponta do Coral 100% pública, porque Hotel é para poucos e Parque é para todos!

PARTICIPE do ATO em frente à FATMA, nesta quinta-feira, dia 12/02, às 13h.

O hotel de 18 andares na Ponta do Coral, na Avenida Beira-mar Norte, em Florianópolis, pode ser aprovado a qualquer momento pela FATMA (Fundação do Meio Ambiente). Por isso, se você quer um PARQUE público bem cuidado e seguro em vez de um hotel que vai causar mais engarrafamento, afetar o meio ambiente e tirar nossa vista para o mar participe do ato na FATMA.

A licença para a obra do hotel foi autorizada (04/02/2015) pelo prefeito César Souza Junior, o mesmo que prometeu em sua campanha para prefeito que nunca autorizaria uma obra como essa na Ponta do Coral. O prefeito Junior prometeu uma coisa, mas fez outra. A prova está nesse vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=EjIA3wF7_g8).

O licenciamento do projeto do hotel de 18 pavimentos da construtora Hantei foi assinado pelo secretário da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SMDU), Dalmo Vieira, e seu adjunto, Marcelo Martins.

Esta decisão é ilegal, pois contraria o próprio Plano Diretor que define um máximo de 06 (seis) andares para qualquer construção naquela área. O projeto do hotel de 18 andares da Hantei atropela os desejos de boa parte da comunidade, que anseia por mais espaços públicos de convivência, e que há anos luta para a criação de um parque público na área (http://parqueculturaldas3pontas.wordpress.com/).

Sabemos que os interesses dos poderosos (políticos, construtoras e grande imprensa) vão prevalecer se não houver pressão popular!

Vamos pressionar para que a FATMA não aprove o projeto!

Também vamos pressionar para que a Prefeitura entregue o projeto que está tramitando para a população. O projeto já foi solicitado oficialmente, mas misteriosamente existe sempre uma desculpa para que ele não seja entregue: http://www.professorlinoperes.com.br/pagina/350/ponta-do-coral-falta-de-transparecircncia-. A população tem o direito de saber o que estão planejando fazer na área!

Ajudem a divugar o evento! Link para o evento no Facebook

Organizado pelo Movimento Ponta do Coral 100% Pública e na luta pelo Parque Cultural das 3 Pontas

Ato Público Ave de Rapina (10/12/14)

As aves de rapina (“rapina” = raptar, aves que raptam) é um termo utilizado para caracterizar as aves carnívoras que apresentam determinadas adaptações para a caça ativa.”
adaptações.

Assim como fizeram os servidores da Prefeitura Municipal de Florianópolis deflagrados pela Operação Ave de Rapina no dia 12 de novembro de 2014 pela Polícia Federal de SC. A operação investigou a organização criminosa envolvendo vereadores, servidores públicos e empresários dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, ligados à administração pública de Florianópolis, entre Câmera de Vereadores, IPUF e a Fundação de Cultura Franklin Cascaes. Mais de R$ 30 milhões teriam sido desviados dos cofres públicos.

LEVANTE!
O ato público a ser realizado na próxima quarta-feira, 10 de dezembro em frente à Câmera Municipal de Florianópolis será a primeira ação deste movimento, em posicionamento coletivo sobre este caso de corrupção na cidade à venda. Caso este que engrossa os crimes cometidos pelos próprios servidores públicos da capital, repetindo o caso da Operação Moeda Verde e mais recentemente a aprovação duvidosa do Plano Diretor de Florianópolis.

Este ato foi definida pelos presentes na Reunião Unificada Ave de Rapina, realizada na terça-feira, 02 de dezembro, com frente Comuna Amarildo e SINTESP e demais movimentos sociais. [http://www.sintespe.org.br/conteudo.php…]

Segue o cronograma das próximas ações do movimento:

AGENDA
04/12 – Encontro para aprovação do texto para panfleto no SINTESP, às 20h.
08-09/12 – Entrega dos panfletos de convocação em frente ao TICEN + Tribuna Popular, das 17h às 19h.
08/12 – Reunião de organização do Ato Público com a sociedade civil e movimentos sociais organizados, SINTESP às 19h30.
10/12 – ATO Ave de Rapina às 16h em frente à Câmera de Vereadores de Florianópolis (concentração às 15h em frente ao TICEN).

Fonte: Grupo ETC

Oficina de Comunicação Segura, parte2 – 8/set

oficina com-seg - cartaz2

Oficina de Comunicação Segura
1a Parte:
- Cultura de segurança: por que é necessário uma cultura de segurança de comunicação e em que contextos?
- Esferas: Em todas as esferas da comunicação pode haver vazamentos, seja em e-mail, celular, boca-a-boca, etc. Quais ações, cuidados e ferramentas específicas existem para cada esfera?
- Níveis de segurança: cada contexto demanda ações específicas. Como fazer o balanço entre segurança e praticidade, anonimato e necessidade de comunicação?
2a Parte:
– Momento para resolução de problemas e implementação de ferramentas a partir das demandas reais das pessoas
– Os sete grandes desafios técnicos da comunicação segura

Data: 08/set, às 19h
Local: Tarrafa Hacker Clube (arquitetura-UFSC)
Levar computador, se possível.

Oficina de Comunicação Segura, 01/set

oficina com-seg - cartaz

Oficina de Comunicação Segura
1a Parte:
- Cultura de segurança: por que é necessário uma cultura de segurança de comunicação e em que contextos?
- Esferas: Em todas as esferas da comunicação pode haver vazamentos, seja em e-mail, celular, boca-a-boca, etc. Quais ações, cuidados e ferramentas específicas existem para cada esfera?
- Níveis de segurança: cada contexto demanda ações específicas. Como fazer o balanço entre segurança e praticidade, anonimato e necessidade de comunicação?
2a Parte:
- Momento para resolução de problemas e implementação de ferramentas a partir das demandas reais das pessoas
- Os sete grandes desafios técnicos da comunicação segura

Data: 01/set, às 19h
Local: Tarrafa Hacker Clube (arquitetura-UFSC)
Levar computador, se possível.

Ato e Seminário contra Criminalização do Movimentos Sociais – Floripa

A frente de luta contra a criminalização dos movimentos sociais de Santa Catarina chama a todos e todas para o segundo ato contra a criminalização. Vamos novamente para as ruas conversar com a população sobre a onda de criminalizações ao todos e todas que lutam por direitos no país da FIFA.

Terça-feira dia 3 de junho.
16:30 hs
TICEN

Na Sexta, 6 de junho das 14:00 as  20:00, Assembleia Legislativa acontece o Seminário.

seminario

(fotos) Marcha das Vadias – 2014

IMG_4868 IMG_4869 IMG_4873 IMG_4874 IMG_4876 IMG_4877 IMG_4880 IMG_4883 IMG_4886 IMG_4887 IMG_4888 IMG_4889 IMG_4890 IMG_4901 IMG_4902 IMG_4903 IMG_4905 IMG_4906 IMG_4916 IMG_4917 IMG_4926